sexta-feira, 25 de julho de 2008

Tentativa número 1. (Que foi?? Pelo menos eu tô tentando) (Lígia)

Porque eu tô bloqueada, eu estou simplesmente bloqueada.
E tudo se resume a música e sol no rosto. Quando pensar no futuro dá um incomodo e você não sabe bem o que fazer com o silêncio que se torna espacial ao almoçar com seu pai.
E pelo menos nessas horas o Patrick Kenzie e seu sarcasmo e pessimismo, ironicamente, me consolam...ou não, não me consola, me aconchega, faz sentido?
Tô bloqueada porque o único jeito que tô conseguindo me definir é bloqueada. E convenhamos que isso não é nada bom.
Eu ando por aí culpando a felicidade, mas acho de verdade que essa não é a questão. Será que eu, que tanto tenho pra falar, me vejo sem saber sobre o que? Só sei resmungar de dor e de escuridão e de almas quebradas?
Cara, alguma coisa tá morrendo em mim, alguma coisa tá nascendo em mim, alguma coisa tá se revirando aqui embaixo da pele, e eu tô assistindo, no canto, assustada...assustada não, apática, faz sentido?
Apática porque não quero reclamar, porque eu nem saberia do que mesmo se quisesse, porque não tem do que.
Eu tenho falhas, eu sou falhas, mas eu tô limpando tudo direito, faz sentindo?
Droga...eu tô tão bloqueada.

2 comentários:

Chubaiuba disse...

Morrer uma coisa faz com que nasçam, ou renasçam, outros milhôes... E a gente sabe o quanto isso é positivo, o quanto é absurdamente maravilhoso mas o mesmo tempo assustador. É o preço que se paga.
E quanto à "ameba transparente" entre voce e seu pai, ou enrte você e o mundo, talvez essa amebinha fosse transparente antes, e vc realmente nem precebesse que ela estava ali... Mas agora ela é, digamos, translucida, incomoda... Sinal de que as coisas estão mudando. Eu realmente acho que é preciso se perder pra se achar, entao vai sem medo rumo à tentativa 158478...

Luacs disse...

mto mto bom ligia ..
não a parte d se afogar em si, mas o texto ..

parece q vc descreveu "landslide"

bjos teh ..