quarta-feira, 5 de novembro de 2008

Duas Horas (Dani)

Eu estou há duas horas apertando essa bolinha de fazer massagem... se ela acalma não sei, mas há longas duas horas eu aperto e aperto como se enquanto eu não destruísse não fosse o suficiente. É esse autocad que não me deixa mais em paz, eu pensei. É essa nova mania de pensar o dia todo em trabalho, pensei também. Preciso de férias, ainda deu tempo de pensar.
Mas eu quero tirar férias justamente pra trabalhar mais... Não, não é esse o problema. Talvez o grande problema seja minha falta de tempo pra correr, talvez isso me angustie desse jeito. Porque na hora que eu tava assistindo novela e ela falou a palavra angustia, não fez sentido nenhum. E talvez ainda não faça. Mas eu apertei essa bolinha por mais de duas horas e talvez isso tenha me angustiado um pouco.
Não deixa a decepção tomar conta de mim e de você, mundo. O mundo tá tão bom não-decepcionante, muda isso não...
Também odeio esses textos feitos pra ninguém, onde só quem escreveu entende. Mas não sei, não sei... Eu fui até a cozinha comer danoninho porque talvez assim eu me esconda um pouquinho mais, não quero mostrar a cara na janela agora a noite. Porque eu me permiti dormir num onibus desconhecido e ainda bem que a mal-humorada levantou com seu mal-humor e me acordou bem no ponto que eu tinha que descer.
Porque eu me senti quase agredida simplesmente por atender o telefone e não estar em casa. "Eu tenho mais o que fazer". Todo mundo tem... Não precisa bater nos outros por causa disso. Mas cansei de argumentar. Porque meus argumentos muitas vezes são recebidos com facas e pedras então é melhor ficar quieta sem me mexer nem dar um pio. "Stay quiet, stay near, stay close, they can't hear..."
Não mundo, eu não nasci pra te provocar. Eu sinto muitas e muitas vezes que as pessoas procuram uma segunda intenção em tudo o que eu faço! Eu não escrevo aqui querendo atingir A ou B. Eu não trabalho pra jogar na cara de alguém. Eu não passo horas na biblioteca provando que leio. A grande verdade é que eu sou egocêntrica e o mundo não tá nem aí pra mim. Mas se tiver alguém me espiando, saiba que eu não tô fazendo pose pra você.
Mas ainda assim minha vida é um seriado onde todos já assistiram Friends e eu não. Pelo menos larguei a bolinha e posso ir dormir.
P.S.:Merda. Parei pra ler o post e lá estava ela na minha mão de novo.

Um comentário:

deh disse...

Foi mal mana...não sabia q a bolinha t faria tão mal...só quis ajudar. rsrs