sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

11/12/2009 (Lígia)

Hoje eu já senti tanta coisa que eu to até cansada, eu fico brava e cansada e meu bom humor insiste em voltar só pra eu brigar de novo comigo mesma e ficar cansada de novo! Mais metafórico impossível! 2009 foi um ano muito longo, hoje o dia foi muito longo. Post desconexo porque se eu tentar fazer sentido vai ficar pior, e eu preciso escrever porque se eu fico muito tempo sem postar as expectativas aumentam e fica cada vais mais difícil, e vira uma grande bola de neve. Dessa vez eu culpo o Angus, que me fez querer planejar um post e isso não existe, eu só sei escrever se for de uma vez, se for vomitando, se for atropelando os pensamentos com palavras. A confusão é tanta que o intervalo são segundos, tava há alguns segundos atrás rindo que nem uma idiota da história do “molecão” sendo Lígia e Bruno da maneira mais Lígia e Bruno que a gente consegue ser, falando em códigos, sendo bestas, de um jeito que só existe o nosso jeito no mundo, e quando correram alguns segundos todo o caos e as minhas costas que começam a doer e eu fico me sentindo uma velha, tudo porque eu não sei detalhar aquele meleca de serralheria e fica difícil fazer o que eu tenho que fazer se eu fico sendo desviada e fico tapando buraco dos outros, que besteira, escrevendo assim parece que é uma coisa idiota e eu nem me lembro mais porque minhas costas doeram, acho que é a tristezinha das costas tarem doendo mesmo eu tendo dormido no Lux Bonell, e isso nunca aconteceu, mas essa noite foi uma noite de estréias, não das melhores, eu sei, mas como a Dani sempre diz, isso já me aliviou depois que eu conversei com meu irmão, amigos homens são uma necessidade pra uma mulher, eles deixam tudo mais leve! E eu to escrevendo isso que nem uma maluca sem nem olhar pra trás, quanto mais rápido o Bob Dylan canta no meu ouvido mais rápido eu digito! E no fim das contas o que importa é que o bom humor insiste em voltar, e se isso também for metafórico, é tudo que eu preciso saber por enquanto.

Um comentário:

Daniele disse...

Homens sempre salvam.. e o que é lux bonell haha eu juro que já ouvi isso.